Dação saiba como usar seu imóvel no pagamento de um novo

Usar dação em pagamento de imóvel exige avaliar a unidade e considerar diversos aspectos
(Imagem: Freepik)

Dação: saiba como usar seu imóvel no pagamento de um novo imóvel


Imagine usar o valor do seu imóvel para comprar outro. Não seria ótimo?

Pois saiba que esse é um processo possível e cada vez mais utilizado. Trata-se da dação em pagamento de imóvel!

O que é isso, afinal?

O significado de dação em pagamento de imóvel consiste em utilizar uma unidade da qual você é proprietário como entrada para a compra de outra, como uma casa ou um apartamento novo.

Quer entender melhor?

Imagine esse exemplo de dação em pagamento de imóvel. O sonho da casa própria já se tornou realidade para a Maria, mas agora ela quer trocar de apartamento, porque busca um maior.

Então a Maria procurou uma imobiliária, conversou com um corretor e, após negociações, deu início ao processo.

Por fim, ela usou seu antigo imóvel, avaliado em R$ 100 mil, para comprar outro, que custa R$ 300 mil.

Portanto, transferiu o apartamento de R$ 100 mil para o proprietário do imóvel a ser comprado e financiou os R$ 200 mil restantes.


Como funciona o processo de dação em pagamento de imóvel?

Mas você pode estar se perguntando: como a Maria fez para utilizar o apartamento antigo como entrada para o outro? Bastou escolher o imóvel novo e começar o processo? Como foi a negociação?

Saiba que se você está interessado em usar a dação, o primeiro passo é encontrar uma imobiliária de confiança e um corretor devidamente registrado.

Assim você trabalha com profissionais que realmente vão te ajudar nesse processo!

O corretor, por exemplo, através de uma série de perguntas, será capaz de entender o que você busca. Então irá procurar oportunidades de negócio conforme suas necessidades.

Além disso, será preciso avaliar seu imóvel. São levados em consideração aspectos diversos, tais como:

· Localização;

· Dimensão;

· Se é novo ou usado;

· Encanamento;

· Fiação;

· Número de vagas na garagem;

· Acabamento;

· Se precisa de algum tipo de reforma; etc.

Também será necessário negociar com proprietário do imóvel no qual você tem interesse. Nesta etapa o corretor é essencial, já que serve como um mediador.

A dação ainda pode ser realizada junto a incorporadoras. Mas se esse for o caso, tenha atenção!

O valor oferecido para o seu imóvel pode ficar abaixo do valor de mercado, já que a empresa terá gastos, como taxas de documentação.

Porém, se você não tem pressa, negociar com uma incorporadora também pode ser vantajoso!

Se a dação em pagamento de imóvel é para uma unidade em construção, até a entrega da obra é possível vender sua casa ou seu apartamento para outra pessoa.

Assim você pode até conseguir um preço superior ao oferecido pela empresa!

Contudo, se não conseguir realizar a venda até a data de entrega, a incorporadora recebe o imóvel, como originalmente negociado. Dessa maneira você não tem prejuízo!


Todos os imóveis aceitam dação?

Um imóvel pode ou não aceitá-la. A escolha cabe ao proprietário ou à incorporadora, dependendo do caso.

Dessa forma, se a dação é um requisito para a troca do imóvel, seja flexível na hora de escolher.

Além disso, lembre-se do corretor! Ele sabe quais proprietários aceitam a dação em pagamento de imóvel. Logo, sabe o que te oferecer.

E se você tiver interesse em um apartamento ou casa que não aceite, considere propor.

Portanto, se está se perguntando como descobrir se o imóvel que quer aceita dação, saiba que a resposta é simples: pergunte!


Quais os valores mínimo e máximo para uma dação?

O valor da dação depende do preço do seu imóvel, estipulado após a avaliação, e da negociação entre as partes.

Não há valores mínimos ou máximos fixados, mas as dações geralmente são de até 50% do custo da unidade a ser comprada.

Não é impossível, mas é difícil a operação ultrapassar essa porcentagem.


Dação em pagamento de imóvel não é troca. Entenda!

Quando a unidade oferecida tem o mesmo preço daquela a ser comprada, pode haver uma troca, mas não dação.

Da mesma forma, ofertar um imóvel com valor superior àquele que você deseja é viável, mas não é dação.

Logo, oferecer uma unidade com um preço igual ou acima do imóvel que você quer comprar não caracteriza dação!

Uma troca no setor imobiliário é possível, assim como é possível oferecer um imóvel com valor superior àquele a ser comprado. Contudo, é preciso haver concordância entre as partes envolvidas.

Assim, isso pode dificultar a transação, já que quem está vendendo tende a precisar de dinheiro.


Quando não está quitado, um imóvel pode ser dado como entrada?

Um imóvel financiado e ainda não quitado pode ser utilizado na dação, porém é muito difícil que o vendedor aceite.

Sabe por quê?

Pois aceitar significa assumir todos os custos com transferência, quitação do financiamento e impostos. Ou seja, assumir o financiamento e enfrentar todos os processos envolvidos nessa operação.

Dessa forma, o vendedor tem de lidar com custos e burocracia, o que não é vantajoso para ele. Logo, dificilmente aceita dação de um imóvel não quitado.


Mesmo com dação é preciso fazer financiamento?

A dação é um “pagamento indireto”. Juridicamente, é tão válida quanto uma operação feita em dinheiro.

Dessa maneira, o uso da dação em pagamento de imóvel não é diferente de dar uma entrada em dinheiro e financiar o restante do valor.

Portanto, a menos que o comprador tenha recursos e interesse em pagar a diferença à vista, deve-se fazer o financiamento.

Mas lembre-se: tudo depende de negociação!

Assim, converse com seu corredor e pergunte sobre as opções de pagamento.


Clique no botão abaixo e veja quais imóveis em nosso site aceitam dação!