Conheça as melhores taxas de financiamento imobiliário!

A Selic atingiu neste ano o menor índice da história, o que permitiu as melhores taxas de financiamento imobiliário (Imagem: Freepik)


Atualizado em 02/12/2019

por Paola Fajonni


Conheça as melhores taxas de financiamento imobiliário!

Se você sonha com a casa própria ou quer trocar de imóvel, a hora para fazer isso é agora!

Afinal, atualmente o mercado oferece as melhores taxas de financiamento imobiliário!

Isso devido aos cortes na Selic, a taxa básica de juros, e à diminuição dos juros anunciada pelos grandes bancos.

Assim, o cenário torna-se perfeito para comprar imóveis, já que o crédito imobiliário está muito mais atraente para o bolso do investidor. Ou seja, comprando agora você economiza!

Mas você não entende bem como isso funciona? Tem dúvidas sobre o assunto? Ou quer saber exatamente qual o melhor banco para financiamento imobiliário?

Então é só continuar lendo o artigo que preparamos e descobrir!

O que é e como é calculada a Selic?


Sigla de Sistema Especial de Liquidação e Custódia, a Selic é a taxa básica de juros da economia. Ela influencia todos os sistemas de juros do país, tais como empréstimos, aplicações e financiamentos.
Além disso, é o principal elemento de política monetária do Banco Central para controle da inflação. Assim, tem relação direta com toda a economia.

O Copom, o Comitê de Política Monetária, é o órgão do Banco Central que calcula a Selic, um processo que ocorre a cada 45 dias.

Para determinar a taxa básica de juros são analisadas as economias brasileira e internacional sob diferentes aspectos. Por exemplo:
  • Evolução;
  • Perspectivas;
  • Condições de liquidez;
  • Comportamentos de mercados.
Portanto, é levado em consideração o cenário econômico em escala global, assim como riscos associados a ele.

Em outubro, a Selic atingiu o menor índice da história: 5%. O corte foi de 1 ponto percentual em relação à reunião anterior, em julho, quando a Selic fechou em 6% ao ano.

Além disso, o Banco Central já indicou que pode haver novos cortes na Selic.

Dessa forma, há possibilidade dos juros bancários caírem ainda mais, levando a melhores taxas de financiamento imobiliário.

Como a Selic influencia o financiamento imobiliário?


A Selic afeta todas as taxas de juros do país, logo interfere também nas taxas das instituições responsáveis pelos financiamentos.

"Quando o Banco Central altera a meta para a taxa Selic, a rentabilidade dos títulos indexados a ela também se altera e, com isso, o custo de captação dos bancos muda", explica a página do Banco Central.

"Uma redução da taxa Selic, por exemplo, diminui o custo de captação dos bancos, que tendem a emprestar com juros menores".

Ou seja, o corte na Selic torna mais barato para as instituições financeiras pegar dinheiro no mercado, e os bancos repassam essa queda no valor ao cliente.

Por isso os juros caem, e o investidor encontra as melhores taxas de financiamento imobiliário.

Portanto, é assim que o índice da Selic e a redução dos juros bancários tornam este o momento ideal para comprar imóveis!

Não deixe para amanhã se você pode investir hoje!


O cenário atual realmente estimula investimentos, mas esse bom momento não irá durar para sempre.

Dessa forma, se você não investir agora, pode se arrepender mais tarde, pois a médio prazo (nos próximos 3 anos) a perspectiva é de alta no preço dos imóveis!

Afinal, a maior oferta de crédito e as previsões do mercado imobiliário de retomada do crescimento indicam que a busca por imóveis deve aumentar. 
E com a procura muito alta, a oferta diminui e o preço encarece.

Aliás, as condições econômicas favoráveis já levam ao crescimento do setor!

Só no primeiro semestre deste ano, R$ 33,7 bilhões do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) foram destinados para construções e financiamentos imobiliários.

A alta é de 33,3% em relação ao mesmo período de 2018!

Além disso, a transferência de dívidas de um banco para outro também já aumentou!

A portabilidade do financiamento imobiliário cresceu 102% entre janeiro e agosto de 2019 em comparação aos nove primeiros meses do ano passado.

Portanto, para fazer um bom negócio, o melhor é investir agora!

Qual o melhor banco para financiamento imobiliário?

Quando a Selic caiu, em julho, os bancos começaram a reduzir a taxa anual do financiamento.

O Santander foi o primeiro, com índice pré-fixado a 7,99%. Então o Banco do Brasil seguiu e, em agosto, a Caixa lançou o financiamento indexado pelo IPCA + taxa fixa.

Já em setembro, o Itaú anunciou financiamento a 7,45%, e o Bradesco, a 7,3% ao ano. E agora em outubro, a Caixa baixou as taxas de juros do financiamento pré-fixado para 6,75% a.a, podendo chegar ao máximo de 8,5% mais TR. A TR é a Taxa Referencial, que atualmente está zerada.

É a primeira vez que os bancos reduzem tanto as taxas de financiamento!

E com índices tão baixos fica difícil escolher qual o melhor banco para financiamento imobiliário, não é?
Se esse é o seu caso, a dica é começar comparando as taxas. Então, para facilitar essa tarefa, listamos os juros anunciados na tabela abaixo.

Confira com atenção!



Quanto é preciso para financiar um imóvel?
A resposta a essa pergunta depende de alguns fatores, tais como:
  • Valor do imóvel desejado;
  • Quantia que tem disponível para dar de entrada;
  • Condições de cada banco.
Lembre-se que as condições do banco incluem as taxas de juros, mas também requisitos do investidor, como idade e profissão.

Além disso, independente da instituição financeira com a qual negocia, é essencial que a entrada corresponda a pelo menos 20% do preço do imóvel e que as parcelas comprometam no máximo 30% da renda familiar.

Dessa forma, a quantia mínima para um financiamento varia. Por exemplo, o programa Minha Casa, Minha Vida auxilia famílias com renda mensal de até R$ 9 mil.

Logo, a partir desse valor são definidos os subsídios, a linha de crédito, a entrada e as taxas de juros que podem ser usados, como nós já explicamos neste artigo.

E que tal descobrir qual valor de imóvel você pode financiar?

Acesse nosso Simulador de Financiamento e descubra as melhores condições de financiamento para você!

Além do mais, não se esqueça que um bom negócio vai além de conseguir as melhores taxas de financiamento imobiliário!

Pensando nisso, preparamos o e-book Preços de Imóveis em Porto Alegre. Ele reúne o comportamento dos preços nos últimos anos e as previsões feitas por economistas para o mercado imobiliário.