A importância do corretor de imóveis no processo de compra

O trabalho do corretor de imóveis exige que ele tenha formação específica e seja registrado no CRECI (Imagem: Freepik).


Comprar o imóvel certo é um processo que envolve diversas etapas. Ao mesmo tempo, também é mais do que uma negociação ou um investimento em abrigo e em segurança.

A compra de um imóvel é a realização de um sonho, um momento único que vai definir onde viver, construir memórias e talvez até formar uma família.

Por isso, o corretor não é apenas alguém capacitado para acompanhar e facilitar os processos de compra, venda ou aluguel de propriedades.

Esse profissional realmente fará tudo isso, mas a importância do corretor de imóveis vai além!


A importância do corretor de imóveis na realização dos seus sonhos

O mais importante é que o corretor vai te escutar e compreender seus anseios, dúvidas e principalmente necessidades. Então vai buscar soluções e indicar os melhores caminhos.

Já imaginou comprar um imóvel na planta e receber uma propriedade diferente? Ou ter problemas financeiros e não ser capaz de pagar o financiamento?

Isso pode ser evitado com a ajuda do corretor!

Assim você terá auxílio, por exemplo, para encontrar os melhores parceiros de negócio e para saber o valor do imóvel que pode financiar.

Além disso, terá ao seu lado alguém em quem pode confiar, que entende o que você quer e o que pode fazer. Afinal, você sabe o que procura, e o corretor sabe onde encontrar.

Portanto, ele é o profissional capaz de facilitar e humanizar todas as etapas da compra, com todo o cuidado e ética que a realização de um sonho exige.


O trabalho do corretor de imóveis

Mas para te ajudar devidamente, o corretor de imóveis precisa ter noções de diversas áreas. Por exemplo:

• Direito imobiliário;

• Economia;

• Engenharia;

• Ética; etc.

O conhecimento desses diferentes campos permite que o corretor esteja a par da legislação imobiliária, de eventuais mudanças na lei, formas de financiamento, preços oferecidos no mercado, entre outros.

Porém, ter essa bagagem de informações ainda não basta!

O corretor de imóveis também precisa ser registrado no Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI) e deve ter uma formação específica.

Logo, é essencial frequentar um curso de Técnico em Transações Imobiliárias (TTI) ou cursos superiores sequenciais e tecnológicos de Ciências Imobiliárias ou de Gestão de Negócios Imobiliários, como explica a página do CRECI-RS.

Portanto, antes de contratar verifique se o profissional é legalizado!

A pesquisa pode ser feita no site do CRECI. Se preferir, entre em contato diretamente com a imobiliária para obter informações sobre a equipe.

Clique aqui para falar conosco!


Corretor de imóveis: ajuda que faz diferença

Quem conta com a ajuda de um profissional qualificado entende como a função do corretor de imóveis é relevante!

Ele orienta, alerta para riscos, fornece informações precisas e facilita questões técnicas e legais. E, acima de tudo, lembre-se de que ele entende suas necessidades e humaniza o processo de compra!

Na prática isso faz toda a diferença!

Dados mostram que para 73,8% dos compradores o atendimento do corretor é extremamente importante na hora da decisão de compra. Os números são do editor do Portal VGV, sobre marketing e mercado imobiliário, Bruno Lessa.

Dessa maneira, a pesquisa revela que o auxílio do corretor no processo de compra afeta diretamente a vida da maioria das pessoas que busca um imóvel.

Contudo, a importância do corretor do imóvel não é sentida apenas pelo cliente!


O papel do corretor de imóveis na economia do país

O corretor também exerce uma função dentro de uma empresa e contribui para o crescimento do país.

Afinal, os corretores estão em uma das pontas da longa cadeia de empregos gerada pelo setor imobiliário e de construção civil.

São eles que conversam diretamente com os consumidores e apontam oportunidades de negócio, propondo soluções para os clientes ao mesmo tempo em que colaboram para o fortalecimento do setor.

Com isso, o segmento cresce e impulsiona a economia. Em 2019, por exemplo, o mercado imobiliário e de construção civil influenciou o crescimento do PIB e a geração de empregos diretos e indiretos.

“É por meio do emprego que é possível ter renda”, explica Ieda Vasconcelos, economista da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), em matéria do Jornal do Comércio.

“O crescimento da economia provoca maior crescimento da construção, que provoca maior geração de emprego e renda, que provoca o crescimento da economia. Isso gera um círculo virtuoso”, completa.

E a previsão para 2020 é que o setor continue a ser um dos motores de crescimento da economia brasileira!


Os riscos da desvalorização do corretor de imóveis

Você viu a importância do corretor de imóveis, que contribui para o crescimento do setor e da economia enquanto garante que você encontre a residência perfeita.

E isso é algo que apenas o corretor pode fazer!

Além de ser o único profissional autorizado a assessorar negociações imobiliárias, o corretor realiza o que aplicativos, sites e softwares de compra e venda de imóveis não podem fazer.

Apesar da tecnologia facilitar na busca de imóveis, a presença do profissional ajuda no momento da decisão de compra com informações técnicas a respeito do imóvel, das condições de negociação do proprietário, da legislação e documentação, além de saber quais taxas estão envolvidas no processo. Garantindo ao cliente segurança, transparência e tranquilidade no processo de compra.

Por isso, o papel do corretor de imóveis vai além do de mediador da compra. E assim a profissão deve ser compreendida e valorizada, o que infelizmente nem sempre acontece.

Saiba que economizar com o corretor pode oferecer riscos!

Eliminá-lo da transação significa que vendedor e comprador ficam sem auxílio na hora de fechar negócio. Ou seja, não há alguém de confiança à disposição, com conhecimento de mercado e disponibilidade de atendimento.

Desse modo, o sonho da casa própria pode acabar em pesadelo!

Afinal, um mau negócio pode resultar em perdas financeiras ou materiais, problemas com documentação, cláusulas abusivas no contrato...

A lista de riscos é longa, e certamente não compensa a economia com o corretor ou a desvalorização do profissional!

Por isso, converse com um corretor antes de comprar um imóvel.


E apesar de não substituir a ajuda profissional, a internet pode ser uma ferramenta bastante útil. Então que tal começar agora a procurar um imóvel e, assim, otimizar o processo de compra?

Clique aqui e acesse gratuitamente nossa busca personalizada de imóveis!