Está trabalhando de casa? Veja 7 dicas para montar seu home office e fazer o serviço render

Trabalhar em casa nunca foi tão popular quanto é agora!

O home office já seguia uma tendência de crescimento, mas com a pandemia do coronavírus, o número de pessoas que levaram os deveres profissionais para dentro de casa cresceu.

Porém, começar de um dia para o outro a trabalhar no esquema de home office não é tarefa fácil!

Afinal, é outra rotina, que muitas vezes inclui ambientes improvisados e convivência com familiares, crianças e até animais de estimação.

Além disso, não basta manter o horário de trabalho, pois também é preciso manter o cronograma e as tarefas em dia.

Então seja você um adepto temporário ou alguém para quem o home office veio para ficar, preparamos dicas que vão te ajudar a se preparar para trabalhar em casa.

Depois de lê-las você vai ver que manter o foco e a produtividade não é só possível, mas também fácil!


1. Escolha o ambiente de trabalho

Primeiro, lembre-se de que sua rotina de trabalho será toda feita de casa, o que significa muitas horas de dedicação. E se você ficar um ambiente desconfortável e desagradável, o serviço não vai render.

Por isso, escolha bem seu local de trabalho!

O ideal é separar um cômodo para usar como escritório. Se isso não for possível, escolha um espaço em algum ambiente, como no quarto, para montar seu home office.

Além disso, dê preferência a cômodos isolados e com porta, que pode ser fechada para evitar barulho e pessoas.

Por último, comunique os demais moradores da casa sobre a escolha do seu local de trabalho, porque assim eles evitam incomodá-lo.


2. Prepare seu espaço

Trabalhar em casa pode muito bem virar sinônimo de “não trabalhar” se você não se organizar.

Por isso, preparar o espaço de trabalho é tão importante quanto escolher o ambiente adequado.

Um home office produtivo precisa ser funcional, de modo a atender suas necessidades sem oferecer muitas distrações, além de ter o mínimo de conforto.

Então:

Garanta que tenha à mão tudo o que precisa. Portanto, separe o material de trabalho e prefira móveis com nichos e espaços para armazenamento;

• Invista em uma cadeira ergonômica para a escrivaninha ou mesa de computador. Desse modo você evita dores, e o trabalho rende muito mais;

• Um computador de alto desempenho e com grande capacidade de armazenagem é o ideal;

• Se possível, monte o home office perto de uma janela. Assim você aproveita a luz natural e ainda tem uma distração no momento em que precisar de um descanso;

• Retire do espaço coisas que te incomodam, como telefone ou uma impressora barulhenta, e mantenha por perto o que te agrada, como plantas ou porta-retratos.


3. Tenha um horário de trabalho

A flexibilidade de horário e a chance de fugir do trânsito são duas grandes vantagens do esquema home office.

Contudo, é preciso tomar muito cuidado para não transformar esses pontos positivos em negativos!

Ter flexibilidade e tempo não significa deixar tudo para a última hora ou para o fim do dia, quando está mais cansado.

Por isso, organize sua agenda e separe um horário de trabalho.

Desse modo fica mais fácil manter uma rotina, como se estivesse trabalhando em uma empresa.

Além disso, observe seu momento de maior produtividade e garanta que ele esteja dentro do seu horário de trabalho. Então se sabe que rende mais pela manhã, após acordar, trabalhe sempre nesse período.

E, por último, leve em consideração sua equipe. Então se há conferências ou tarefas que só podem ser realizadas em grupo, lembre-se que todos devem ter horários compatíveis.


4. Planeje sua rotina

Não adianta ter um horário de trabalho se você não é capaz de cumpri-lo ou se não consegue realizar as tarefas no tempo previsto.

Então para evitar esses problemas, planeje sua rotina e trabalhe com metas.

Por exemplo, separe as prioridades, crie horários para iniciá-las e terminá-las. Ao fim de cada tarefa, você pode se dar alguns minutos para olhar o celular, tomar um café ou esticar as pernas.

E se algo deu errado e você não conseguiu atingir a meta de trabalho diária, nada de deixar para amanhã! Afinal, o trabalho vai acumular e vai ficar ainda mais difícil colocar tudo em dia.

Além disso, lembre-se de que você não precisa trabalhar diariamente, então os fins de semana podem continuar sendo de descanso!


5. Vista-se apropriadamente

Ficar de pijama o dia todo é até bom uma vez ou outra, mas não quando se trata de home office!

Estudos mostram que roupas influenciam pensamentos e comportamentos, então ficar confortável demais pode afetar sua produtividade.

Por isso, para manter o profissionalismo, vista-se como se estivesse indo trabalhar.


6. Invista em internet de qualidade

Imagine ter um relatório ou tarefa para entregar e ficar sem conexão com a internet justamente na hora de enviar.

Terrível, não é verdade?

Para evitar essa situação, nada melhor do que um uma conexão rápida e confiável. Por isso, pesquise e contrate um provedor com boa reputação.

Nessa hora, uma ótima dica é conversar com vizinhos e descobrir quais empresas eles contrataram. Afinal, a cobertura e qualidade do serviço variam de acordo com o local.

E se você já tem um bom provedor, garanta que o sinal que chega ao seu home office seja forte. Caso contrário, pode valer a pena mudar o roteador de lugar ou investir em um repetidor de sinal.


7. Mantenha seus relacionamentos

Trabalhar de casa não significa ficar isolado do mundo! Você ainda tem colegas de trabalho, apenas não os vê mais todos os dias.

Então mantenha contato com seus colegas!

Sabe aquela "conversa de corredor" ou o bate-papo que costumava acontecer na hora do cafezinho? Elas podem ser feitas online.

Logo, crie grupos em aplicativos ou redes sociais para falar com as pessoas. E na hora de conversar, evite temas de trabalho e sobre a pandemia.

Assim fica mais fácil evitar o isolamento social e manter a saúde mental!


E aí, gostou das nossas dicas?

Agora você já sabe como montar seu espaço e fazer o trabalho remoto render.

E não pense que não é necessário se adaptar ao home office porque ele vai ficar no passado quando a pandemia acabar. A tendência é que ele seja mantido por muitas empresas!

Esta pesquisa indica que o trabalho home office deve crescer 30% após o período de estabilização dos casos de coronavírus e retomada das atividades. Ou seja, há chances de você não largar o home office nunca mais.

Então coloque nossas dicas em prática para ser mais organizado e produtivo!



Em tempos de Coronavírus, aproveite para conhecer as entidades sociais atuantes na Zona Sul de Porto Alegre aqui.